top of page
Buscar
  • Foto do escritorPelos Caminhos do RS

Visitando o Pampa Gaúcho

*POR: ABDON BARRETTO FILHO


O Rio Grande do Sul apresenta 27 Regiões Turísticas que representam 371 Municípios Turísticos em conformidade com o Programa de Regionalização do Brasil que foi criado em 2003 e lançado em abril de 2004.


Segundo os documentos oficiais, é o resultado de um processo de planejamento descentralizado e compartilhado com enfoque territorial.


O Programa trabalha a convergência e a interação de todas as ações do Ministério do Turismo com os Estados e Municípios e tem como objetivos estruturar a oferta do destino turístico, a gestão e a promoção do fenômeno turístico no país.


Convém salientar que os documentos orientadores e auxiliares do Programa de Regionalização do Turismo inclui a Institucionalização da Instância de Governança Regional.


No caso do Rio Grande do Sul, os profissionais envolvidos nas Governanças devem saber os desafios para estruturar a oferta de cada destino turístico; qualificar os equipamentos e serviços; executar a promoção e acompanhar os resultados.


Oficialmente, o Ministério do Turismo indica sete cidades que formam a Região Turística Pampa Gaúcho, a saber: Aceguá, Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito, Lavras do Sul e Pinheiro Machado e Santana do Livramento.


Na realidade, duas Regiões Turísticas se integram na paisagem cultural do Pampa: Fronteira e o Pampa Gaúcho.


Para os interessados, são cidades com singularidades que destacam a tradição do gaúcho, cenários e paisagens marcantes, com boas oportunidades e experiências positivas e inesquecíveis.


A gastronomia típica, inclui a melhor carne bovina e ovina do país e o mate amargo que é a bebida mais popular do gaúcho.


Destacam-se, também, os vinhedos e olivares.


Os aspectos históricos são identificados, principalmente os marcos de guerras e de paz.


Visitar o Pampa Gaúcho ajuda a compreender a formação do gaúcho e da sua importância para a consolidação do território do Rio Grande do Sul.


Novos atrativos turísticos estão sendo formatados e serão transformados em produtos turísticos capazes de atraírem novos segmentos.


Além disso, a busca de orientação profissional e o comprometimento dos integrantes da Região Turística criam boas expectativas para o desenvolvimento do destino turístico.


Os trabalhos que estão sendo realizados com a Instância da Governança – Apatur Associação Pampa Gaúcho prometem novas e interessantes abordagens na atratividade da demanda turística.


Os aspectos geográficos, históricos, culturais e os equipamentos e serviços formam ofertas turísticas diferenciadas capazes de motivarem os fluxos de visitantes.


Visitar o Pampa é uma das opções para entender e valorizar nossa terra, nossa gente.


Será?


Respeitam-se todas as opções contrárias.


São reflexões.


Podem ser úteis.


Pensem nisso.


_______________________

*Abdon Barretto Filho (FOTO)


Economista e Mestre em Comunicação Social



Textos e podcasts em:



_______________________



-> Leia todas as notícias e artigos da "Terra do Tchê", acesse:



-> PELOS CAMINHOS DO RIO GRANDE: Para anunciar e sugestões de pauta, o contato deve ser pelo WhatsApp 51. 9. 9855. 0051.


____________________________________


NOTÍCIAS SOBRE GRAMADO?



_____________________________________



Comentarios


bottom of page