Buscar
  • Pelos Caminhos do RS

Turismo garantirá até R$ 5 bilhões de crédito ao setor


Ministro do Turismo explica ações da Pasta no Palácio do Planalto. Medida Provisória, cuja proposta está em análise no Ministério da Economia, vai beneficiar setor turístico e cultural.


As empresas do setor do Turismo e da Cultura terão à disposição até R$ 5 bilhões de reais de crédito do governo federal para que possam sobreviver no período da pandemia do coronavírus. O anúncio foi feito pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, na quarta-feira, 22 de abril, em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

O recurso, que já foi solicitado ao Ministério da Economia por meio de uma proposta de medida provisória, irá auxiliar o capital de giro das micro, pequenas, médias e grandes empresas, além de resguardar milhões de empregos no país.

Em sua fala, Álvaro Antônio destacou a necessidade desse socorro para o setor. “Eu sei que as empresas estão indo às agências bancárias e não estão conseguindo crédito. Acredito que, em breve, esse recurso esteja disponível. Quero dizer aqui que essa medida provisória é fundamental para que haja a preservação e sobrevivência do setor de turismo. Sem isso, não haverá retomada”.

No início do mês, o Ministério do Turismo publicou portaria que flexibiliza as regras de empréstimos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur). Entre as medidas, estão a redução dos juros para capital de giro de 7% para 5% ao ano e a ampliação da carência do início de pagamento das parcelas de 6 meses para 1 ano. A contratação do crédito é permitida a prestadores de serviços elencados no art. 21 da Lei 11.771/2018 e que estejam devidamente inscritos no Cadastur, o cadastro oficial de operadores da área.

Ainda como ação para a liberação de crédito para o setor, o ministro Marcelo Álvaro Antônio tem se reunido com bancos públicos, como a Caixa, Banco do Brasil e BNDES. As conversas giraram em torno da inclusão das empresas dos mais de 50 segmentos turísticos em linhas de financiamento dessas unidades bancárias.


DISPONIBILIZAÇÃO DE HOTÉIS – Durante a coletiva, Álvaro Antônio também citou o andamento do projeto do Ministério do Turismo que disponibilizará quartos de hotéis para abrigar os profissionais de saúde. Segundo ele, a ação poderá ser incluída no texto substitutivo da Medida Provisória 907, que trata da nova Embratur e de benefícios fiscais para alguns segmentos do setor. “Pretendemos garantir que os hotéis possam abrigar estes trabalhadores que estão na linha de frente, tanto para melhorar a logística, como também para preservar os seus familiares”, finalizou.


FOTO: ROBERTO CASTRO |MINISTÉRIO DO TURISMO.

TEXTO: MINISTÉRIO DO TURISMO.

Publicado: Quarta, 22 de Abril de 2020, 18h53 | Última atualização em Quinta, 23 de Abril de 2020, 15h38.

SOBRE "PELOS CAMINHOS
DO RIO GRANDE" 

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE

Espaço dedicado a Turismo, Saúde, Cultura, Negócios e Serviços.

O site objetiva informar e trazer assuntos relevantes, além de trazer tudo sobre o programa de rádio de mesmo nome, veiculado na Bandeirantes RS (AM 640 e FM 94,9), todos os sábados, das 10h:30min, às 11h:30min.*Temporariamente suspenso.

  • Facebook
  • YouTube

Fone (WhatsApp): 51 9 9855 0051

E-mail: redacao@peloscaminhosdoriogrande.com.br

 

Se inscreva para saber todas as novidades, promoções e notícias relevantes relacionadas a turismo, cultura, negócios e serviços. 

CDRG-Logo-Vertical-SemFundo-Sit_rodape_b

© 2020 Pelos Caminhos do Rio Grande