Buscar
  • Caminhos do Rio Grande

Santa Cruz do Sul avança uma posição no ranking nacional do turismo







“Santa Cruz vai começar a ser vista como uma cidade que trabalha efetivamente o turismo”, destaca o secretário César Cechinato.

Depois de ter sido reconhecida como uma das 20 melhores cidades para se investir e fazer negócios, agora Santa Cruz do Sul ganhou um reconhecimento também na área do turismo. O município saiu da categoria C do Mapa do Turismo - onde estava desde 2013, ano em que foi implementado o ranking - e foi guindado à categoria B. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, César Cechinato, que reuniu representantes do trade turístico, convidados e imprensa.


Segundo o secretário, Santa Cruz do Sul orgulha por ser uma cidade industrial, reconhecida internacionalmente. “Temos esse viés de grande centro industrial e de desenvolvimento econômico e muitos municípios com esse viés tem dificuldades para serem também reconhecidos como centros turísticos. A partir de agora Santa Cruz vai começar a ser vista como uma cidade que trabalha efetivamente o turismo”, disse.


O aumento na geração de empregos no setor de hospedagem, o aumento do fluxo de turistas domésticos, internacionais e a arrecadação de impostos federais, a partir dos meios de hospedagem, foram os aspectos que pesaram na nova avaliação. A mudança de categoria vai possibilitar ao poder público e empresas inseridas no negócio, ter acesso às políticas do Ministério do Turismo, a linhas de crédito e a programas de estímulo ao setor.


Para um futuro breve, conforme  Cechinato, a expectativa é que o município siga avançando e alcance o topo do ranking. Investimentos em infraestrutura são o que ainda falta para que Santa Cruz do Sul avance ainda mais, na sua avaliação. Ele cita a duplicação da RSC 287, melhorias no aeroporto e outros importantes investimentos como a construção de um centro de eventos, como essenciais para este novo salto. “Estamos avançando nessa e em outras questões, Certamente teremos um trabalho gigantesco pela frente, para quem sabe em 2023 estarmos na categoria A”. 


No Rio Grande do Sul, apenas dois municípios ocupam a categoria A: Porto Alegre e Gramado. Em Santa Catarina, estado eminentemente turístico, apenas cinco: Florianópolis, Balneário Camboriú, Itapema, Bombinhas e Joinville. Já no Paraná estão no topo, Curitiba, Londrina e Foz do Iguaçu.

Aumento na geração de empregos no setor de hospedagem, o aumento do fluxo de turistas domésticos, internacionais e a arrecadação de impostos federais, a partir dos meios de hospedagem, foram os aspectos que pesaram na nova avaliação.


Texto: Comunicação Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul.

Fotos:

Santa Cruz do Sul: Luiz Fernando Bertuol | Prefeitura de Santa Cruz do Sul | Divulgação.

SOBRE "PELOS CAMINHOS
DO RIO GRANDE" 

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE

Espaço dedicado a Turismo, Saúde, Cultura, Negócios e Serviços.

O site objetiva informar e trazer assuntos relevantes, além de trazer tudo sobre o programa de rádio de mesmo nome, veiculado na Bandeirantes RS (AM 640 e FM 94,9), todos os sábados, das 10h:30min, às 11h:30min.*Temporariamente suspenso.

  • Facebook
  • YouTube

Fone (WhatsApp): 51 9 9855 0051

E-mail: redacao@peloscaminhosdoriogrande.com.br

 

Se inscreva para saber todas as novidades, promoções e notícias relevantes relacionadas a turismo, cultura, negócios e serviços. 

CDRG-Logo-Vertical-SemFundo-Sit_rodape_b

© 2020 Pelos Caminhos do Rio Grande