top of page
Buscar
  • Foto do escritorPelos Caminhos do RS

City Marketing e Ações no Mercado

Atualizado: 18 de out. de 2022

*Por: Abdon Barretto Filho


IMAGEM: DIVULGAÇÃO

O City Marketing – Marketing de Cidade, não envolve apenas a Promoção do Destino e não se aplica exclusivamente ao fenômeno turístico.


O City Marketing é fundamental para atrair investidores e oferecer bens e/ou serviços qualificados para os residentes e visitantes.


Quando as Políticas Públicas contemplam as atrações de visitantes – turistas de lazer, participantes de eventos corporativos e investidores, o City Marketing é acionado para desenvolver parcerias públicas e privadas com objetivos claros visando o desenvolvimento sustentável da Cidade.


É óbvio que os residentes devem participar direta ou indiretamente através dos seus líderes políticos e empresariais, assim como a sociedade civil organizada.


A estruturação da oferta de bens e/ou serviços fica à disposição do residente quando o visitante retornar ao seu lugar de residência fixa.


A Cidade é boa para o visitante quando também é boa para o residente.


Algumas Cidades já implantaram e fazem a correta Gestão do City Marketing mantendo as conquistas, valorizando e continuando com as realizações.


Outras Cidades não sabem, não acreditam e não querem aplicar os conceitos.


Ainda existem Cidades que querem desenvolver e não possuem recursos financeiros, humanos e materiais.


É a realidade como ela é.


Preparar a Cidade para atrair investidores é um grande desafio e passa por algumas etapas fundamentais, a saber:


1. Fazer um diagnóstico da situação atual: Quais as necessidades das comunidades locais? Queremos visitantes? Quais os impactos positivos e negativos dos investimentos e dos fluxos de visitantes?


2. Definir suas vocações econômicas, culturais e sociais de acordo com a comunidade;


3. Definir Políticas Públicas para 12 anos (três Gestões Municipais);


4. Compartilhar as prioridades com a iniciativa privada e a comunidade;


5. Definir Estratégia a ser utilizada;


6. Elaborar Planejamento Estratégico para 4, 8, 12 anos;


7. Determinar orçamentos públicos e parcerias privadas para atingir objetivos anuais;


8. Elaborar Cronogramas de Atividades que possam ser realizados independentes das mudanças dos Gestores públicos e com as parcerias privadas;


9. Avaliações contínuas;


10. Atualizações constantes.


Naturalmente, todos Gestores procuram melhores resultados.


O fenômeno turístico, desde que bem trabalhado, pode ser uma excelente fonte de renda para os Municípios, Estados e Países.


É, ainda, um importante fator para o desenvolvimento de Cidades por conta da qualidade de vida que proporciona à população local.


Convém salientar que o fenômeno turístico deve ser entendido para que as etapas indispensáveis possam ser realizadas, respeitando-se principalmente as culturas locais e o meio ambiente.


Por ser complexo e transversal, o fenômeno turístico utiliza-se dos mais diversos conhecimentos humanos com a proposta de melhorar a qualidade de vida dos habitantes e momentos felizes para os visitantes.


São pessoas que recebem pessoas com gentileza e respeito.


Caso não seja possível atingir a proposta, é melhor não insistir porque gera frustrações para todos os envolvidos.


O City Marketing realizado profissionalmente pode contribuir nas ações no mercado com responsabilidade, ética e bons resultados.


Será?


São reflexões.


Respeitam-se todas a opiniões contrárias.


São reflexões.


Podem ser úteis.


Pensem nisso.


*Abdon Barretto Filho


Economista e Mestre em Comunicação Social



Textos e podcasts em:





____________________________________


NOTÍCIAS SOBRE GRAMADO?



MAIS NOTÍCIAS DE TURISMO DA "TERRA DO TCHÊ"?



CONTATO/WHATSAPP: 51. 9. 9855. 0051

______________________________________

bottom of page