Buscar
  • Caminhos do Rio Grande

Avaliação dos aeroportos brasileiros é a melhor desde 2013

Atualizado: 8 de Set de 2019







Média de satisfação dos usuários ficou em 4,39, índice superior a meta estipulada pela Conaero


Pela primeira vez nos últimos seis anos, os 20 principais aeroportos brasileiros receberam, entre os meses de abril e junho, notas acima de 4 (bom) pelos passageiros, em uma escala de avaliação que vai até 5 (muito bom).


A média de satisfação geral ficou em 4,39 e superou a meta estipulada pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero).

Aeroporto Internacional Salgado Filho, Porto Alegre RS.
Aeroporto Internacional Salgado Filho, Porto Alegre RS.

Os dados fazem parte da Pesquisa de Satisfação do Passageiro e de Desempenho Aeroportuário, realizada pelo Ministério da Infraestrutura. O resultado também pode ser visto em estudo realizado anualmente pelo Ministério do Turismo. Segundo a Demanda Turística Internacional 2019, os aeroportos (92%) foram o item mais bem avaliado no segmento de Infraestrutura e Serviços pelos turistas estrangeiros que visitaram o Brasil em 2018.


Na escala geral, os aeródromos aparecem entre as cinco melhores avaliações feitas pelos visitantes internacionais no ano passado.


Hospitalidade ocupa o primeiro lugar com 97,9%, seguido dos alojamentos (96,7%), da gastronomia (95,9%) e dos restaurantes com 95,8%. Entre os piores resultados na satisfação dos estrangeiros ficaram as rodovias brasileiras com 71,7%, a telefonia e internet (74%) e os preços (77,1%). Acesse aqui a pesquisa do MTur.


Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, as avaliações demonstram que as políticas adotadas pelo novo governo começam a dar resultados. “Mais investimentos, apoio e visibilidade para o turismo e, consequentemente, melhorias na infraestrutura do país, além da abertura do mercado aéreo ao capital estrangeiro com a primeira companhia autorizada a operar voos dentro do Brasil são alguns exemplos que desencadeiam os resultados que vem sendo alcançados”, destaca.


Marcelo Álvaro reforça ainda que isso é só o começo de um novo plano construído para o desenvolvimento do país, por meio do Turismo. “Estamos trabalhando fortemente para mais empresas operarem no setor aéreo brasileiro e, com isso, preços menores e mais opções de voos aos passageiros, além de um turismo consolidado em todas as regiões do país como um forte indutor de geração de emprego, renda e inclusão social para a população brasileira”, complementou o ministro.


Segundo o Ministério da Infraestrutura, o percentual de satisfação dos passageiros vem aumentando desde 2013, quando teve início a série histórica. No primeiro trimestre daquele ano, 69% dos viajantes avaliavam os aeroportos como bons ou muito bons. Hoje, 90% dos usuários estão satisfeitos ou muito satisfeitos. Além disso, dos 38 indicadores avaliados, 82% (31) obtiveram, de forma geral, média superior a 4 (bom).


Texto: Ministério do Turismo.

Foto:   Divulgação.