top of page
Buscar
  • Foto do escritorPelos Caminhos do RS

Analisar, focar e posicionar ou reposicionar


Em qualquer atividade econômica, inclusive integrantes do sistema do Turismo e da Hospitalidade, os bons resultados são atingidos quando seguem uma sequência lógica em uma economia de mercado: primeiro o diagnóstico do ambiente em que se pretende atuar e da empresa ou entidade que se pretende trabalhar.


Depois, o prognóstico com as tendências do mercado e das reais possibilidade de sucesso ou fracasso, identificando as variáveis incontroláveis e as variáveis controláveis.


Caso seja identificado o provável sucesso, são indispensáveis planos com ações individualizadas e sistematizadas. Por: *Abdon Barretto Filho – Economista e Mestre em Comunicação Social É simples, assim. contato@abdonbarrettofilho.com.br


Nos casos de Governos, as ideologias influenciam e os compromissos políticos impedem, quase sempre, as continuações das estratégias positivas de gestões anteriores.


Geralmente, durante o período da transição de um governo para outro, muitas conquistas são eliminadas ou sofrem novas denominações para atender os egos políticos, às vezes fugindo do foco da gestão pública: servir à comunidade e buscar melhor qualidade de vida para todos, distribuindo os recursos públicos da melhor forma possível, com responsabilidade, competência e ética.


É a Política como ela é e que frustra os eleitores que sempre esperam dias melhores.


No caso do nosso querido Brasil, alguns eleitores são desinformados e carentes de verbas públicas e não sabem valorizar seus votos.


Talvez sejam os motivos de tantas desigualdades sociais e econômicas.


Nossa jovem democracia tem avançado e sempre temos esperanças das eleições de representantes qualificados e comprometidos com o povo que possam exercer seus cargos e funções de acordo com as boas práticas.


Convém salientar que nas empresas e entidades, os verbos da administração científica devem ser praticados para atingir objetivos: planejar, organizar, dirigir e controlar.


Para os desempregados que se tornam empreendedores, que entram nos mercados por faltas de opções, o tema é desafiador.


Às vezes, não conseguem entender a Lei da Oferta e da Procura e da necessidade do conhecimento técnico para encontrarem novas oportunidades.


Algumas questões ajudam na formulação de estratégias, a saber:


-> quais as necessidades do mercado?


-> quais necessidades de clientes e potenciais clientes?


-> quais os recursos que se pode utilizar, inclusive talento e habilidade pessoais?


-> qual o projeto de vida em um mundo de incertezas?


Na realidade, são ações para analisar, focar, posicionar ou reposicionar no competitivo mercado, atingindo seus objetivos.


São questões óbvias no mundo dos negócios.


Será?


Respeitam-se todas as opiniões contrárias.


São reflexões.


Podem ser úteis.


Pensem nisso.


*Abdon Barretto Filho

Textos e podcasts em:

www.peloscaminhosdoriogrande.com.br

____________________________

NOTÍCIAS SOBRE TURISMO, CULTURA, NEGÓCIOS E SERVIÇOS DO RIO GRANDE DO SUL?

CONTATO/WHATSAPP: 51. 9. 9855. 0051

______________________________

bottom of page